fungos dermatologia

Micoses e Fungos de Pele

Manchas brancas ou vermelhas que causam coceiras, em áreas de dobras (como axilas, virilhas, entre os dedos das mãos e pés), podem ser micoses. Existem diversos tipos de micoses, todas causadas por fungos. Vamos conhecer algumas delas:

Pitiríase versicolor – é uma micose muito freqüente, pequenas como um confete. Podem estar agrupadas ou isoladas, e normalmente aparecem na parte superior dos braços, tronco, pescoço e rosto. Sua superfície tem uma descamação fina, com a tonalidade variando entre o branco, rosado ou castanho, e pode coçar. A pitiríase versicolor é mais comum em adolescentes e jovens, sendo que pessoas de pele oleosa estão mais suscetíveis a apresentar este tipo de micose. O tratamento pode ser feito com medicamentos locais ou orais. No entanto, esta micose pode voltar ao corpo por várias vezes.

Tinhas – é uma micose que apresenta manchas vermelhas de superfície escamosa, bordas bem nítidas e que coçam. As tinhas aparecem em qualquer lugar do corpo, sendo que conhecemos as dos pés como “pé-de-atleta”. Nas crianças, é comum que apareçam no couro cabeludo. Forma-se uma placa com crostas com coceira intensa, parecendo que o cabelo foi cortado naquela região. A tinha do couro cabeludo pode passar de uma criança para outra.

Onicomicoses – São as micoses das unhas, tanto dos pés quanto das mãos. O tratamento é feito com medicamentos locais ou orais, sempre orientado por um dermatologista.

 

Como nos contaminamos com fungos de pele

Algumas formas comuns de se contrair uma micose:

  • Contato com animais de estimação
  • Em chuveiros públicos
  • Lava-pés de piscinas e saunas
  • Ao andar descalço em pisos úmidos ou públicos
  • Uso de toalhas compartilhadas ou mal-lavadas
  • Equipamentos de uso comum (botas, luvas)
  • Uso de roupas e calçados de outras pessoas
  • Uso de alicates de cutículas, tesouras e lixas não-esterilizadas
  • Contato com material contaminado em geral.
  • Usando roupas umidas por tempo prolongado.
  • uso de sapatos fechados

Prevenção de micoses

Alguns procedimentos diminuem o risco de se contrair uma micose, dentre eles:

  • Sempre use sandálias;
  • Evite andar descalço em pisos úmidos;
  • Nunca use toalhas compartilhadas, especialmente se estiverem úmidas ou mal lavadas;
  • Após o banho enxugue-se bem, principalmente nas áreas de dobras, como o espaço entre os dedos dos pés e virilha
  • Use sempre roupas íntimas de fibras naturais como o algodão, pois as fibras sintéticas prejudicam a transpiração
  • Verifique se os objetos de manicure, como alicates, tesouras e lixas são esterilizados. Melhor ainda se tiver um de uso exclusivo seu
  • Em contato prolongado com detergentes, use luvas e enxague as mãos toda vez que usar esponja
  • Evite utilizar pentes ou escovas de cabelo de outras pessoas
  • evitar uso de roupas molhadas.

[su_youtube url=”https://www.youtube.com/watch?v=0dyAvPdwUS8&list=UUopa6dGj_EdsLEauK9ynw0Q”]

Dr. Claudio Wulkan

Dermatologista – Dermatologia – Sao Paulo – Jardins – Osasco – Alphaville